Progep promove palestra sobre gestão por processos para servidores e docentes

No intuito de instruir os servidores da Universidade Federal do Pará sobre a importância da otimização da gestão por processos, a Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal (Progep), por meio da Coordenadoria de Capacitação e Desenvolvimento (Capacit), oferta a palestra Perspectivas de Implantação da Gestão por Processos, que ocorre nesta terça-feira, 19 de abril, das 8h30 às 12h30, no auditório do Capacit.

InscriçõesO evento é voltado para os servidores técnico-administrativos e os docentes da UFPA, com ou sem função gerencial. Para participar, é necessário realizar a inscrição pelo Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH). Após fazer o login na plataforma, o interessado deve clicar no ícone "Capacitação", consultar as turmas abertas e realizar sua inscrição. Para mais detalhes do passo a passo, acesse o tutorial do Módulo de Capacitação do SIGRH.

Palestrante – A palestra será ministrada por Lígia do Carmo Souza Garcia, assessora técnica da Qualidade da Fundação Hemopa e coordenadora Executiva do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (Gespública) da Região Norte. Lígia é formada em Sociologia e especializou-se em Gestão Pública por Excelência.

Abordagem – O objetivo é mostrar o que a gestão por processos pode melhorar na administração e no desenvolvimento da Universidade. Para isso, Lígia Garcia vai abordar alguns aspectos necessários para o estabelecimento dessa tecnologia de gestão, como o planejamento estratégico e as normas de certificação de sistemas de gestão da qualidade.

"Quando uma organização implanta a gestão por processos, há desdobramentos. A primeira é o mapeamento dos processos organizacionais, depois, a segmentação em processos finalísticos e processos de apoio. Assim, com a visão sistêmica que a organização passa a ter da sua gestão, ela pode padronizar suas atividades", explica Lígia.

Além disso, a assessora ressalta que o mecanismo da gestão por processos pode identificar problemas administrativos por meio do mapeamento, como a superposição de atividades e o excesso de burocracia. Segundo Lígia, "a ideia é capacitar as equipes de trabalho para fazer análise e melhoria de processos, identificando e tratando os problemas e as não conformidades utilizando as ferramentas da qualidade."

O modelo de plano estratégico institucional que a Universidade apresenta requer a implantação da gestão por processos, que é uma tecnologia de gestão vinculada a um modelo de excelência. "A UFPA está nessa fase agora, buscando desenvolver competências nos servidores para que eles conheçam e entendam qual é a importância e o que é gestão por processos", conta a palestrante.

A legislação atual exige que as organizações do Poder Executivo federal ajustem-se a novas normativas de gestão que visam ao melhoramento do serviço público, publicadas de dezembro de 2016 a março de 2017. Segundo Lígia Garcia, a gestão por processos é essencial para essa adequação


Serviço
Palestra "Perspectivas na Implantação da Gestão por Processos"
Data: 19 de abril
Horário: 8h30 às 12h30
Local: Auditório do Capacit. Campus Básico da UFPA, próximo ao portão 2.
Inscrições no SIGRH.


Texto: Ana Paula Castro – Assessoria de Comunicação da UFPA
Arte: Divulgação