Pró-Reitoria apresenta Novo Modelo de Avaliação de Desempenho

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal (Progep) reuniu, na última terça-feira, 13, das 9h às 17h, na Secretaria Geral dos Conselhos Deliberativos Superiores (SEGE), coordenadores de Planejamento, Gestão e Avaliação-CPGAs e gestores das Unidades Administrativas e Acadêmicas da UFPA para a apresentação do Novo Modelo de Avaliação de Desempenho no Estágio Probatório.

Durante a reunião, foram esclarecidas as razões para a implementação do novo modelo, bem como repassadas orientações básicas sobre a metodologia a ser utilizada. Entre as novidades, a avaliação agora terá um caráter cíclico, passando a ocorrer em três etapas a serem realizadas ao fim de cada 10 meses de efetivo exercício do cargo. O resultado final será a média aritmética das notas obtidas em cada ciclo. Para ser considerado aprovado, adquirindo, assim, o direito à estabilidade, o servidor deve alcançar resultado final igual ou superior a 60% (pontuação 6,0).

No período da tarde, foi instaurado um espaço de diálogo em que os gestores e CPGAs puderam se posicionar acerca das mudanças, bem como propor sugestões que serão analisadas pela Progep. Entre outras coisas, foi ressaltado que as mudanças devem proporcionar acompanhamento contínuo do desempenho do servidor nos primeiros anos do exercício do cargo, o que deve colaborar com a melhor ambientação e o alinhamento dos servidores ingressantes à missão, à visão e aos objetivos institucionais da UFPA.

O coordenador de Acompanhamento e Desenvolvimento na Carreira, David Ayan, explica que as mudanças propostas na Avaliação de Desempenho no Estágio Probatório advêm de uma construção coletiva envolvendo a Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal, servidores das CPGAs e das Divisões de Pessoal de diversas unidades da Universidade, com o intuito de aprimorar e consolidar tal processo na Instituição.

O coordenador declara que o novo modelo de Avaliação do Estágio Probatório entra em vigor ainda este ano, ficando todos os servidores admitidos a partir de 1º de janeiro de 2016 submetidos a essa nova metodologia. Pontua, ainda, que a proposta é conferir maior fidedignidade ao resultado final da avaliação. “Com esta alteração, pretendemos ter melhor acompanhamento deste servidor, realizando as intervenções necessárias após cada avaliação para a melhoria do seu desempenho."

Segundo a pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal, Edilziete Eduardo de Aragão, o Novo Modelo de Avaliação do Estágio Probatório é mais um dos instrumentos indispensáveis na implantação da gestão por competência na UFPA. “Conhecendo a importância de contar com um quadro de pessoal capacitado e competente para o efetivo alcance das metas institucionais, nos últimos anos, a Progep tem impresso uma gestão que prioriza a seleção e retenção de talentos, assegurando, assim, o adequado aproveitamento das habilidades dos servidores. O Novo Modelo de Avaliação do Estágio Probatório e outros instrumentos de gestão pretendem promover a melhor adaptação, compreensão e comprometimento dos servidores, tão necessários ao crescimento e desenvolvimento almejado pela Universidade”, afirma a pró-reitora.


Mais informações: Coordenadoria de Acompanhamento e Desenvolvimento na Carreira- CADC. coordesempenho@ufpa.br / (91)3201-7532/ 8961.


Texto e fotos: Ascom / Progep